Lewis Hamilton não é reconhecido como os grandes pilotos brancos…

Publicado por Griot Brazil em

Nesta semana um dos principais dirigentes da atual formula 1, usou todo o seu talento para falar o obvio, mas que ainda assim soa como polêmica se falado por alguém que não esteja etnicamente gabaritado para isso. Bom! Toto Wolf, como branco, esta gabaritado, mas não só etnicamente falando, mas principalmente como profissional. Toto que é diretor da Mercedes, equipe multi-campeã de formula 1, disse que o seu piloto apesar te ter uma carreira brilhante, não possui o reconhecimento que merece. Em entrevista concedida ao site Motorsport.com, Wolff disse estar certo de que, quando Hamilton encerrar a carreira, será um dos melhores, se não o principal, piloto de todos os tempos. Porém, alertou que as conquistas do piloto são pouco reconhecidas, inclusive no Reino Unido.

“Um dia ele vai se aposentar com vários recordes em sua carreira e as pessoas vão dizer ‘ele foi o melhor piloto do mundo e nós testemunhamos isso”. Leia AQUI

Essas palavras proféticas, não saiu da boca de um fã ou de algum aficionado pelo esporte, mas da boca do dirigente que nos últimos anos ganhou tudo o que disputou. Sei que estas credencias tanto do chefe da Mercedes, quanto do único piloto negro da formula 1, pouco importa, mas são necessárias para balizarmos ou até mesmo definir quem foi o quê, nesse esporte que tanto amamos.

“Eu acho que vocês não levam em conta que estamos tendo a oportunidade de ver, talvez, o melhor piloto da história em uma jornada excepcional”.Leia AQUI

É claro que o Toto Wolf, não iria dizer que o fato de o talento de Lewis Haminton estar sendo propositalmente diminuído, ou até mesmo ignorado, tem mais a ver com o fato dele ser o único piloto negro da história da principal categoria de corridas automobilísticas no mundo, do que qualquer outra coisa.

Em 2011, Haminton disse:  –  “É uma piada, uma piada ridícula. Fui punido cinco vezes em seis corridas este ano”, disse Hamilton à BBC, alegando ser perseguido pelos responsáveis pelas punições na F-1. “Talvez é porque eu seja negro. É o que Ali G diz. Sei lá”, afirmou o britânico, referindo-se ao personagem interpretado pelo comediante britânico Sacha Baron Cohen. Leia AQUI

E, claro, ele foi criticado horrores por todos os brancos que de alguma forma fazem ou fazia parte desse esporte. Afinal, o preto que merece estar entre eles, é aquele que apanha calado. Obvio que o Britânico foi orientado a se calar e até mesmo pedir desculpas, para não complicar a sua carreira no esporte. Todavia, agora quem reclama não é o pretinho sortudo que teve a oportunidade de se tornar um piloto de formula 1, mas um branco que tem feito história como diretor da equipe que mais venceu corridas seguidas, na história dos grandes prêmios. Apesar das pisadas em ovos, Toto conseguiu passar a mensagem e esperamos honestamente que as redações de TV, e mídias sociais que cobrem a formula 1, possam entender que a grandeza de qualquer esporte esta em ser ético antes de qualquer coisa.

Na  verdade se Hamilton fosse branco já teriam feito até postes com seu nome, mas um negro como ícone de um esporte branco, tem que pagar o preço da ousadia, que o digam Tiger Wood, Serena Williams e outros grandes atletas.

 

Por: Prettu Júnior


1 comentário

Avatar

Eduardo teixeira · 29/06/2019 às 1:08 am

Jesse Owens……..

Deixe aqui o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: