Nem tudo é o que parece ser…

Publicado por Griot Brazil em

Por: Nasser Inglês…

Influenciadas por uma corrente de ódio ao homem vindo da chamado feminismo ocidental muitas mulheres africanas pensam que todos homens que criticam o feminismo estão a lutar contra o empoderamento das mulheres pretas.

Não minhas caras nem todos que criticam o feminismo fazem no por machismo ou porque são contra o empoderamento das mulheres pretas.Criticamos porque queremos evitar que sigam o mesmo caminho dos políticos Africanos que toda sua ideologia provêm de imitação sem olhar para a nossa identidade cultural e social.panteras negrasSomos contra mulheres pretas que não querem pensar por si mesmas que voluntária ou involuntariamente se submetem a uma hierarquia na qual a mulher branca esta no topo da pirâmide e a mulher preta esta está em baixo usada somente como mero peão descartável que segue as instruções das madames de Paris.

Madames estas que nunca apoiaram empoderamento real da mulher preta ao longo do seu percurso histórico.

Se a luta delas foi a tua me explica aonde estavam a sororidade quando o senhor dos escravos/colono violava as nossas ancestrais.

Se a luta é a mesma porque que nas sociedades ocidentais multiculturais (America do Sul e Norte) as mulheres pretas ganham menos que as brancas e não têm as mesmas oportunidades?

Refutam esse feminismo eurocêntrico,bebam o que tem de bom e desenhem vosso próprio caminho, controlem vosso destino, criem vosso próprio movimento,um movimento que sai de dentro para fora e não o contrário porque se vocês seguirem o mesmo caminho dos nossos políticos negropeus já sabem que o resultado será desastroso.

Temos consciência que num mundo globalizado, como o atual, é impossível não usar o que é produzido ou feito pelos outros. O que se discutimos aqui é a legitimidade de uma ideologia que surgiu no âmbito de uma sociedade racista e escravocrata servir de base de sustentação da luta da mulher africana.

 


0 comentário

Deixe aqui o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: