Obscurantismo contemporâneo…

Publicado por Griot Brazil em

Definitivamente, o coronelismo brasileiro não estava preparado para este nível de jornalismo praticado por Glenn Greenwald e seus companheiros. Para ser mais exato devo incluir nesse bojo as mídias arcaicas e desatualizadas que representam o clientelismo e as mentes mais retrogradas e obscuras desse pais. Eu não acho que o Glenn e sua turma representam o povo preto ou algo do tipo, mas isso pouco importa desde que eles continuem fazendo o seu trabalho de forma séria e sensata. O que temos que entender é que nem tudo é sobre nós. Então, sim, existe uma questão politica que nos afeta a todos, brancos, negros e índios. Uns mais e outros menos, todavia, essa não é uma agenda de um partido ou de outro. Então, não me venha com essa mentalidade bipolar que não raro tem sido a tônica das discussões nas redes sociais.

 Vídeo de Glenn Greenwald na camara

Outra questão que tem sido propositalmente destorcida é exatamente atrelar o jornalismo de primeiro mundo praticado pelo The Intercept, a partidos de esquerda, o que não é verdade. A ignorância no Brasil sob Bolsonaro chegou a um nível tão absurdo que qualquer pessoa que discorde dos modus operandi desses sujeitos que estão no poder, são imediatamente taxados de bandidos e/ou defensor de bandidos. Na moral que porra é essa? Desde quando temos que pensar e agir igual a todo mundo? Quem disse que discordar de um lado é compactuar com o outro?  Que o Brasil nunca foi um pais verdadeiramente democrático, nós, índios e negros estamos cansado de saber.  Todavia, havia uma pequena fresta de onde podíamos pelo menos ver a luz do dia. Hoje com essa miopia coletiva, até aquela pequena fresta foi tapada e estamos todos no escuro.

Finalmente, podemos chamar este período histórico de “OBSCURANTISMO CONTEMPORÂNEO“, afinal, historicamente a unica época que podemos associar a essa excrescência politica de hoje é o período do nazismo e fascismo na Alemanha e Itália respectivamente. O que é mais assustador é que o Bolsonarismo é capitaneado por descendente italianos que vieram para o Brasil fugindo exatamente das catástrofes causadas pelas guerras e a intolerância em tempos passados. Ironias a parte essa nova mentalidade adotada por essa elite econômica que temos  é resultado de um desprezo pela dignidade humana, afinal, estamos falando de uma elite que emergiu das entranhas do escravismo, logo não temos porque nos surpreender diante de tanta ma fé e ódio.

Por: Prettu Júnior


0 comentário

Deixe aqui o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: