Racismo contra jogadores negros na Europa tem se espalhado como um vírus letal…

Publicado por Griot Brazil em

O recrudescimento do racismo no mundo, tem criado inúmeras barreiras a ascensão de profissionais negros. E claro que não só no futebol, vemos isto em todas as áreas.  Já falamos sobre isso em nível nacional. Leia AQUI. A vitima desta vez foi o Lukaku, jogador belga que foi destaque na melhor campanha em copas do mundo daquele pais. Lukaku além de ser um grande jogador também é atuante em questões sociais e raciais. Ele sabe como é ser negro em sociedades com histórico de racismo, xenofobia e intolerância, até porque viveu a vida inteira na Europa, berço do ódio. 

Ouvir e ver jogadores negros sendo xingados e atacados com insultos racistas em estádios de futebol tanto no Brasil como na Europa, não é novidade para ninguém. O que é novidade é ver um jogador lucido e inteligente se impondo diante desta barbárie que é o racismo praticado pelos descendentes de escravocratas e genocidas.

“Futebol é um jogo para ser aproveitado por todos, e não devemos aceitar qualquer forma de discriminação que coloque nosso jogo em vergonha. Eu espero que as federações de futebol ao redor do mundo reajam forte em todos os casos. As redes sociais também precisam trabalhar melhor com os clubes de futebol. Falamos isso há anos, mas ainda não agiram”, Afirmou romelu lukaku. Aqui!

O técnico da Inter de Milão Antonio Contes, repudiou os atos racistas e afirmou: –“a Itália precisa aprender muito sobre respeito às pessoas”.  Lukaku continuou:  “Senhoras e senhores: é 2019 e, ao invés, de ir para frente, estamos indo para trás, e penso que os jogadores precisam se unir e fazer um protesto em cima deste problema, para manter este jogo limpo e divertido para todos”, … – Veja mais .

Todavia, sabemos que essa é uma maneira que os brancos encontraram para tentar barrar a ascensão social de pessoas negras e não só no mundo dos esportes. Temos visto esse comportamento a anos e até agora não vimos nada concretamente sendo feito. Por isso, é de vital importância que a comunidade negra, se una como forma de se proteger.  Acredito que o antidoto que pode barrar o racismo é a união da comunidade negra, mas união mesmo e não apenas falacias sobre o assunto na internet.

Por: Prettu JR


0 comentário

Deixe aqui o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: