Samuel Eto’o denuncia racismo contra tecnicos negros no futebol…

Publicado por Griot Brazil em

Provavelmente, você já  deve te-lo visto em ação no Barcelona, onde ele se destacou ao lado do Ronaldinho Gaúcho. Contrariando as estaticas Eto’o não é aquele tipo de jogador burro e bagunceiro, muito pelo contrario é um homem sério que consegue ver as coisas e sabe muito bem pontuar suas insatisfações. Em entrevista ao Canal+ESPN da França, o atacante Samuel Eto’o disse que existe racismo em relação a técnicos negros no futebol.

Ele teve cinco temporadas de sucesso com o Barcelona de 2004 a 2009, antes de ajudar o time de José Mourinho a vencer os três títulos da Champions, Serie A e Coppa Italia em sua primeira temporada na Itália.

Ele ainda teve uma breve passagem pelo Chelsea e pelo Everton na Premier League. Eto’o também marcou 56 vezes pelo seu país em 118 jogos e venceu duas Copas das Nações Africanas com os Camarões.Web Hosting

O jogador ainda atua no Catar, pelo Qatar SC, porém já pensa em uma possível carreira como treinador, apesar da resistência que crê que terá de enfrentar.

“Alguns ex-jogadores negros nem buscam a credencial de treinador. Claro que há alguns que se tornaram técnicos, mas simplesmente não existe confiança. Desconfiam dos treinadores de cor, somos vistos como seres de segunda classe”, afirmou o camaronês.

Mesmo temendo sofrer com o preconceito, o atacante de 37 anos declarou que pretende tornar-se técnico, visando dar continuidade ao seu ciclo no futebol.

Samuel Eto’o durante apresentação no Konyaspor, da Turquia (Foto: Getty Images)

“Ganhei na Europa como jogador e tenho de ganhar como treinador”, bradou.

Ele ainda afirmou que a solução para o fim das manifestações racistas nas arquibancadas passa por vários setores.

“Se os jogadores negros disserem ‘não jogo’, muita gente vai perder dinheiro, e quando se toca na carteira de alguém… Podem ter a certeza que vão arranjar soluções”, finalizou.

Griot Brazil


0 comentário

Deixe aqui o seu comentário

%d blogueiros gostam disto: